Quatro lançamentos independentes

Por: Juliana Gomes | Em: 30 / junho / 2017

Todos os dias surgem novas autoras para conhecermos, o que é ótimo, pois sempre temos lançamentos bacanas. Separei quatro títulos que recebi recentemente, e já furaram fila na lista de livros a serem lidos.

 Morri por educação de Nathalie Lourenço (Editora Oitoemeio)
Livro de estreia de Nathalie Lourenço com “17 contos desgraçados”, como sugere o subtítulo do livro. Na verdade, a cada conto você pensa desgraçadamente na desgraça da situação contada e pode rir ou chorar, mas não vai ficar indiferente. Bela estreia, gostei principalmente da primeira parte de “Engole o riso” por motivos que você precisa ler para descobrir.

Rastros de Gislene Carvalho (Quintal Edições)
A autora de Rastros escreve como uma contadora de histórias sobre mulheres e de migrantes, especialmente do Paraná. “Ao escrever Rastros, acreditei que o objetivo era homenagear meus antepassados, especialmente, as valorosas mulheres que construíram aquele Paraná profundo sobre o qual quase nada li ou vi escrito”, diz Gislene. Também chega a São Paulo e percorre os caminhos dos tropeiros e da urbanização, erva-mate além dos relacionamentos e enlaces familiares.

Uma Mulher de Flávia Perét (Guayabo Edições)
Uma mulher é um poema-processo sem ter ou mesmo querer ter um final. Aqui no site você pode continuar a poetizar com essa delícia de livro. O prefácio é da poeta e editora Letícia Féres, e o posfácio é da também poeta e editora, Marília Garcia.

Se nada mais der certo eu tenho plano B de Verginia Grando (Arte & Letra)
Um livro sobre a espera da publicação do primeiro livro, e de como esse seria o marco de uma nova vida que sempre sonhou. Com excelentes referências musicais e de cultura pop, esse livro nos mostra que a estreia é boa. Já aguardo os próximos livros da autora.

Quando você compra os livros no link da Amazon ajuda o projeto #leiamulheres.

O quadro que ilustra esse post é de Pierre Bonnard.

Juliana Gomes

Livreira, consultora comercial e marketing em livrarias e editoras. Exercita sua veia digital na Kontakt.

Veja outros posts de Juliana Gomes